Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
 
CROMOTERAPIA
 
 
 
A Cura Pelas Cores
 
por Ligia M. O. Orlandi
 
 Falar em cromoterapia, implica em abrir espaço sobre a realidade funcional de nós mesmos. O que origina um corpo são? Quais são as causas que levam um organismo a se desarmonizar e consequentemente a adoecer? Quando isso ocorre, que caminhos seguir para se resgatar a harmonia perdida? Quais são as fontes possíveis de ajuda disponíveis?
 
A primeira ajuda é você mesmo quem pode se dar, observando-se mais, procurando um contato mais íntimo com você mesmo. Lembre-se de quantas vezes você sentiu uma sensação gostosa de paz, disposição e interesse pela vida; agora veja como de repente o quadro mudou e sem grande motivo aparente, você adoeceu ou começou a se sentir desmotivado e deprimido. Esse quadro é conhecido, não é mesmo? Isso ocorre a todos nós, porque apesar de sermos nós mesmos, os desencadeadores de nossos estados, não somos conscientes de uma grande parte dos mecanismos que os produzem . Precisamos, portanto, em algumas situações, recorrer a uma ajuda externa.
 
Todos nós conhecemos o caminho tradicional de ajuda, que é a medicina alopática. 
Os métodos convencionais de tratamento, incidem diretamente no corpo físico, aliviando a sintomatologia que o organismo expressa  em determinados estados de desajuste.
 
  Porém o que dá expressão ao nosso corpo físico, é algo mais sutil que ele próprio. Os nosso sentidos carnais decodificam somente o que é palpável a nível material. Por exemplo: você enxerga o seu corpo físico, por isso é fácil identificá-lo, porém você não enxerga o seu conteúdo emocional e mental, isto é, você não vê as suas emoções e nem os seus pensamentos, mas eles são reais, assim como é real o próprio ar que respira, apesar de não vê-lo. Um desajuste a nível energético, então,  em qualquer um desses campos do nosso ser, desencadeia um estado desarmônico, o qual denominamos doença. Retomando o estado natural de equilíbrio, a harmonia se restabelece e a cura se manifesta. Por sua vez, o ajuste e a harmonia de nossos campos, aliados a um estado genuíno de alegria, repercute em todo o organismo, manifestando-se como saúde e bem-estar. Portanto, seja para se buscar a cura, seja para melhorar a qualidade de vida, devemos nos compreender por esta abrangência e nos trabalhar integralmente.
  Entramos assim, no campo das emoções, dos sentimentos e pensamentos. Esse complexo que somos a nível espiritual, emocional, mental  e físico, se entrelaça e se nutre mutuante, formando uma cadeia de reações, as quais delimita nosso estado de ser de cada dia.
 
 
Veja como isso é perceptível em sua vida: Quando você se sente feliz e realizado, por estar amando, ou por ter conquistado algo muito importante, você não fica mais bonito, luminoso,  bem disposto e saudável? Num dia de primavera, em que o céu encontra-se todo azul e as árvores repletas de flores, você não sente um extra de frescor e bem-estar? Evidente que sim. O seu corpo visível, nessas condições, ganha luminosidade e expressão, porque passa a vibrar em outro grau de energia. Isso ocorre porque nós somos um todo energético, que vibra a determinadas freqüências; e o melhor disso é que tanto eu quanto você podemos ocasioná-las conscientemente, dentro de nós mesmos, sem necessariamente depender de fatores externos. Nós podemos  despertar estados de regozijo interior, sem estarmos apaixonados e sem  recebermos qualquer  promoção. É só reconhecermos e usarmos os campos vibratórios a nosso  favor, com respeito e consciência. 
 
 Logo, quando compreendemos que muito do que nos sucede é reflexo de campos mais sutis de nós mesmos, passamos a nos ver de um modo mais pleno e abrangente. O tratamento holístico entra exatamente quando essa concepção, tornando-se clara para nós, nos conduz à caminhos paralelos, como acupuntura, homeopatia, fitoterapia, florais, musicoterapia, gemoterapia, cura prânica e outras...Nem sempre elas podem excluir, por completo, um acompanhamento médico, mas sem dúvida alguma, muito podem complementá-lo.  A intenção da cromoterapia é auxiliar e não suplantar a atuação médica.
 
 Dentre essa gama vasta de possibilidade de reestruturação que nos é oferecida, a Cromoterapia se coloca pioneira, não em importância, mas como origem primária. 
 
Da escuridão, fez-se a luz. Pela interação de ambas, manifestou-se a cor. A próxima manifestação foi o som. Neste plano, não vivemos sem a luz, nem vivemos sem a escuridão. O ponto de equilíbrio de nosso mundo e de nosso ser, está neste ponto de ajuste, que atravessa a dualidade e se encontra no Uno. 
 
  Nossas extremidades nervosas liberam certas substâncias químicas, mediante as diversas freqüências vibratórias e estímulos, externos e internos. A cor, como vibração, ainda mais elevada que o som,  estimula essas substâncias, acelerando-as ou relaxando-as. Daí resulta o sentido benéfico da cromoterapia. Ela atua em nosso corpo vibracional, equilibrando nossas emoções, ordenando nossos pensamentos e aliviando a carga emocional. Ela tem indicação terapêutica,  mas não se restringe a cura. A cromoterapia pode e deve ser usada no dia-a-dia, como um desencadeador do estado de ânimo que desejamos promover. Usando-a conscientemente, somos beneficiados em todos os setores da vida. Para isso, precisamos aprender a conhecer as propriedades de cada cor, nos interagir com elas e vivenciá-las, em seus diferente graus de manifestação. 
 
 A cor está presente em nossas vidas, inseparavelmente, dentro e fora de nós. A natureza, em todos os  reinos e tipos de vida que a compõe, os objetos que tocamos, nossos órgãos, tecidos, sistemas e fluxos, vibram numa específica onda vibratória, ou seja, numa de terminada cor, que em escalas mais refinadas, emanam de nosso ser, compondo a nossa aura e  a aura de tudo o que existe neste mundo.
 A partir do conhecimento do campo vibratório de cada cor e conseqüente influência e motivação que  exercem em nós e a nossa volta, podemos utilizá-las apropriadamente, em nosso favor.
 Como seguir e utilizar os princípios da cromoterapia? Compreendendo-a e aplicando-a em nossa vida diária naturalmente.
 
 Qualquer  peça de roupa vale, inclusive as íntimas, lenços e meias.
 Em relação a decoração de interiores, ainda que não seja agora  viável  mudar a cor dos móveis e dos estofados, você pode comprar novos jogos de lençol e toalha,  pode dar um novo colorido em seu sofá, dando-lhe uma capa nova ou novas almofadas; pode ainda utilizar abajours com lâmpadas coloridas e o mais que imaginar.
 
 
Você pode fazer uso de bastões cromáticos, simples ou elétrico, sendo que o último, tanto quanto o uso incisivo de lâmpadas coloridas, são de uso muito específico para cada situação em questão; recomenda-se a aplicação com uso alternado de cores, não excedendo de quinze minutos para cada cor.
Alimentos, pedras e cristais podem ser usados livremente, em geral buscando a mesma composição da cor que se deseja, Tanto os cristais quanto as pedras, podem ser usados em conjunto com exercícios de visualização, alinhados ao longo dos chakras respectivos ou simplesmente, sendo segurados na mão..
Os exercícios de visualização e respiração das cores são métodos bem fáceis e seguros. Entre em estado de relaxamento. Caso não tenha o seu próprio método, escolha um lugar tranqüilo, sente alinhando as costas e vá se soltando. Inspire, retenha, exale  e dê uma pausa, contado até quatro para cada um deles. Faça isso sucessivamente, até se sentir mais leve, então visualize-se envolto pela cor que acha necessitar; envolva também um órgão que estiver desarmônico; sinta que a cor está entrando por  seu poros e a pela própria respiração, inundando-o por inteiro.
 
 
 A luz solar decomposta, nos oferece sete cores fundamentais. O arco-íris mostra-nos isso claramente. Nos deteremos ao espectro solar que do vermelho ao violeta. Logo abaixo e  acima temos o infravermelho e o ultravioleta, que já fogem ao alcance de nossa visão, assim como fogem, uma infinidade de demais nuances.
 
Nosso espectro solar:
 
vermelho   laranja 
amarelo   verde   azul 
anil   violeta
 
As cores vermelho, laranja e amarelo são densas e quentes; dão sensação de calor, movimento e proximidade, são cores que despertam e reanimam, já as cores azul, anil e  violeta, são cores frias, mais refinadas, que produzem uma sensação refrescante e um certo distanciamento do exterior, por isso induzem ao sono. Se você estiver num quarto, por exemplo, todo azul, dentro em breve, relaxará e se desligará, pois  os objetos lhe darão impressão de estarem cada vez mais longe.
 Segue abaixo, em linhas gerais, o quadro de cores, para você se localizar, porém lembre-se de sempre seguir sua própria percepção. Quanto mais você se comunicar com o mundo das cores, mais ele fará parte de você e de sua consciência. A partir daí, a sua sensibilidade, estando mais aguçada, se encarregará de prover-lhe uma apurada intuição de como, onde e quando aplicar cada cor.
 
 
Vermelho - cor estimulante, energética e excitante. É indicada para pessoas desvitalizadas, apáticas, desanimadas, inseguras e com pouca iniciativa de começar algo. Ativa o sistema circulatório, sendo eficaz para cãibras e pés gelados( aquecer a região com meias ou manta vermelho). Estimula os nervos sensoriais, atua sobre a supra-renal e libera adrenalina. Ajuda no processo gripal, na bronquite, pneumonia, na anemia, na pressão baixa e no envelhecimento precoce. Afasta a melancolia. Na decoração, o vermelho diminui o ambiente, mas chama a tenção do que se quer mostrar. Porém, cuidado, em exagero, ela pode gerar atritos e violência. Deve ter uso moderado em hipertensos e cardíacos. Contra-indicado em processos inflamatórios. Pedra: rubí e jaspe vermelho.
 
 Laranja - equilibra o organismo e auxilia no restabelecimento da saúde, propiciando  bem-estar e disposição. Eleva-nos à vivência e manifestação do amor superior. A cor laranja ajuda-nos à libertação de bloqueios, repressões e condicionamentos passados, propiciando-nos a superação dos próprios limites. Suscita a auto-estima. Indicada a pessoas inibidas e tristes . Ajuda a se libertar dos medos, frustrações e entraves. Indicada em dores espasmódicas, reumatismo, asma, bradicardia, rinites, cistites, problemas menstruais, pouco leite materno, flatulência e cálculos.  Pedra: pérola,  topázio.
 
 Amarelo- ativador do intelecto, associa-se à alegria, jovialidade e descontração,  portador de grande luminosidade, é a cor do intelecto, da vivacidade. É aponte de ligação entre a sabedoria e o amor: tom dourado. O amarelo ativa a parte motora, incide sobre o sistema nervoso, estimula a bílis e as glândulas linfáticas. É indicada nos quadros de febre e intoxicação, nos casos de cálculos renais, inchaços, artrite e convalescença, ajuda em algumas doenças da pele, do fígado preguiçoso, prisão de ventre e diabetes. Auxilia a superação do medo, da irritação e da depressão leve, Contra-indicado em colapsos nervosos e em certos distúrbios emocionais e mentais sérios, por poder exercer ação desintegrante. Cor adequada a se usar ao fazer testes e vestibulares. Pedra: citrino, topázio.
 
 
Verde- Esta cor está na própria origem da vida, ela é o ponto mediano do espectro,  não é quente, nem fria. Portanto é tida como o ponto de equilíbrio. Dá uma sensação de frescor, auxilia o processo digestivo, alivia as enxaquecas e a tensão nervosa, É indicada em processos nevrálgicos, dores lombares, doenças venéreas, úlceras, perda de apetite, choques e desordens psíquicas. Alivia a confusão mental e a sensação de medo. Estimula a pituitária e o olfato. Cor da cura. O verde claro é indicado para pressão alta e o verde-escuro para baixa. É relaxante e revigorante. Não é aconselhado o verde musgo para quem possui padrões muito rígidos e cristalizados. Pedra: esmeralda, turmalina verde, quartzo verde, jade.
 
Azul: simboliza a ascensão espiritual e a paz. Promove a tranqüilidade, desintoxica a corrente sangüínea e fortalece a ossatura. É uma cor extremamente relaxante. O azul equilibra o sistema nervoso e apazigua a mente e as emoções. Ajuda em problemas respiratórios, dores de garganta, conjuntivites, insônia, reumatismo e artrite, em problemas de dentição, picadas e coceiras, dores menstruais, choques, vômitos, obesidade e celulite. Essa cor amplia o espaço e promove a harmonia. É a cor da união do conhecimento com a prática. É indicada a pessoas estressadas. Pedra-safira, lápiz-lázuli, água-marinha, turquesa, fluorita.
 
Violeta - representa ascensão espiritual e a transcendência. Cor que transmuta padrões e vibrações inferiores em energias superiores.  Essa cor nos eleva à escalas espirituais elevadas. Bom para pessoas angustiadas, nervosas, irritadiças e medrosas. Alivia o ciúme e a raiva. Indicado também a quem sofre de problemas reumáticos, asma, tosse, pneumonia, raquitismo, cistite, nefrite e demais problemas renais. Ajuda nos desajustes nervosos e mentais, nas neuroses, epilepsia, meningite. É um purificador do organismo. Pedra: ametista.
 
 


Cores Secundárias:
 
 
Rosa - simboliza a união, o amor fraterno, o bom entendimento e a harmonia. Cor rejuvenescedora, com efeito emagrecedor. Aquece e revitaliza. Alivia a sensação de solidão e perda. Bom para ser visualizada em inícios ou términos de relacionamentos. Ótima para ser aplicada em oração e meditação. Pedra: quartzo-rosa
 
Turquesa - proteção psíquica. Afasta vibrações e pessoas negativas e invejosas. acalma a mente e propicia clareza e lucidez. Pedra: turquesa.
 
Verde-limão - ativador do fígado. Desintoxica o corpo físico e energético. É bom visualizar-se banhar por esta cor, após ter estado sob influências pesadas e negativas. Alivia náuseas e vertigens. Pedra - amazonita
Marrom - cor que representa a estabilidade, a terra, a solidez. Incita o conservadorismo Pedra-olho-de tigre. 
 
Cinza - puxando para o prata, pode ser adstringente e refrescante, já para o cinza-médio e grafite, torna-se uma cor deprimente, devendo portanto ser evitada por pessoas tristes e melancólicas. Pedra- quartzo fumê claro 
 
Preto - cor que absorve as demais, entretanto não é tida exatamente como uma cor. Ela bloqueia a entrada de vibrações externas, tanto positivas, quando negativas. Não é a toa que foi e ainda é usada em velórios e luto. É bom usá-la em lugares  carregados de vibrações pesadas e é contra-indicado usá-la num dia de sol, em momentos de oração e meditação. Não usar em visualização, mas por cristais. Neste caso é indicado à pessoas sonhadoras, que se distraem facilmente, porém com aplicação moderada, pois em demasia, limita a criatividade. Pedra: ônix, quartzo-fumê, turmalina preta e obsediana.
Branco - ao contrário do preto, ela reflete todas as cores. Simboliza pureza e leveza. É a cor do renascimento, da purificação, da abrangência e da plenitude.
 
 
As demais cores compostas, ficam a critério da sua percepção e capacidade dedutiva. Na medida em que você se abrir às cores, mais elas se revelarão a você. Dê forma prática e expressão a esses dados, no seu dia-a-dia, de um modo simples e natural, como o é a própria cromoterapia.
 
 
Espero que você possa colorir a sua vida, de um modo todo especial, assim como 
você é especial, sendo simplesmente quem é.
 
Lembre-se sempre de que a essência mais pura da junção de todas as cores, é a luz que reside aí, 
bem dentro do seu coração. 
 
Que ela brilhe, cada vez mais! 
 


Lígia Maria Ourique Orlandi - terapeuta engrâmica e holística.
E-MAIL : ligia@msgnet.com.br
Fones : (011)-3872-1660- 262-2520
Fax   : (011)-825-7085
Veja as páginas do site imagick.org.br onde escrevo mensagens do dia...
 
Este artigo foi primeiramente publicado
no Jornal Evolução, ano 1, número 4, em Campinas.
 
    Evolução-Um jornal a serviço de uma nova consciência
    Para Anunciar, contatar Leopoldo S. Leite, telefax:(019)253-3816
    Rua Proença, 865, Bosque, Campinas (SP) - CEP 13026-121
 


 
 


 
Leia o livro básico do Imagick
SÍNTESE MÁGICKA
De autoria dos fundadores
do Instituto
 
Peça o seu no nosso 
Departamento de Suprimentos
email: imagick@imagick.org.br
 
 
  Volta para índice "Saúde Mágicka" 
  Vai para índice "Páginas Mágickas" 
Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
tel: (0xx).(11).813.4123
 
 

Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição