Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick

 
SAÚDE  MÁGICKA
 
 
 

A Saúde é um bem precioso!

Zele por ela com consciência, ou tenha ciência para trazê-la de volta...

 

Nesta página você vai encontrar formas naturais de tratar as doenças mais comuns, com ênfase nos cuidados preventivos, alimentação, terapêuticas não alopáticas e técnicas complementares de apoio tradicionais e alternativas. 

Por Dr. Artur Rocha Fernandes

 Roteiro da Saúde Mágicka

Acne               -            Celulite               -         Gripe          -           Herpes

      Inflamação        -       Mau Hálito      -      Queimaduras    -    Vermes

Sinusite      -      Tosse      -      Reumatismo
 

A intenção é não levar a doença além,

É, logo, resgatar o precioso bem!

 

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Produtos  Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 


GRIPE

Doença infecciosa provocada por vários tipos de vírus que encontram facilidade de proliferação em condições climáticas favoráveis, quando o organismo se encontra debilitado; estressado ou com baixa energia geral!
Sintomas mais comuns
Dor de cabeça, mal estar geral, fadiga e dores pelo corpo, febre alta, comprometimento  respiratório (tosse, coriza, inflamação na garganta) e conseqüências mais graves, como bronquites e pneumonias, quando tratadas de forma inadequada.
 
Prevenção
A melhor maneira de prevenir gripes (e resfriados) é manter uma dieta saudável equilibrada e energética, com reforço nas verduras, legumes e frutas, uso reduzido de carnes vermelhas, açúcar branco, embutidos, enlatados e distância do fumo e bebidas alcoólicas. Nas mudanças de temperatura, aumentar a resistência do organismo com suco de laranja, limão, maçã, couve ou cebola, adoçados com mel. Exercícios físicos aeróbicos constantes estimulam as funções vitais e reforçam as defesas naturais. Para os que têm tendência a gripes freqüentes é recomendável que mude para regiões montanhosas (ou pelo menos passe lá longos períodos), onde o clima é ameno, distante da poluição, ar condicionado e longas exposições ao sol.
Alimentação
Na fase aguda da doença, é conveniente evitar comidas de digestão difícil, dando preferência a alimentos ricos em vitaminas A, B, C a D (ovos, leite, verduras, vitaminas, pão integral) sob a forma de caldos de verduras, vitaminas e sucos de frutas, condimentos como alho, cravo e canela. 
Cuidados físicos
E recomendação comum durante as gripes (e resfriados) manter o corpo agasalhado e evitar correntes de ar frias e, na maioria das vezes, um bom e relaxado repouso de 2 a 3 dias é tudo o que o corpo está pedindo e precisando. Para as febres, os banhos são os antitérmicos mais indicados:
Medicamentos naturais
As preparações a base de ervas são tradicionalmete indicadas para aliviar os sintomas das gripes (e resfriados), geralmente preparados sob a forma de infusões com uma porção da erva (seca ou fresca) deixada em água fervente por alguns minutos, depois coada e ingerida com  mel, 3 a 4 vezes ao dia, evitando-se choques de temperatura.
Algumas ervas mais comuns que seguem este padrão: avenca (folhas); camomila (flores); eucalipto (folhas) ; louro (folhas); tomilho (flores); tília (flores); malva (folhas).
Limão com rum (para as noites de frio)  - esmague três bons limões cortados em rodelas com casca e tudo, em 6 colheres de açúcar mascavo (ou 3  de mel) e junte a um chá feito com cravo, canela e flores de camomila. Deixe aferventar, adicione 3 cálices de rum e vá bebericando aos pouquinhos debaixo do cobertor.
 
Aromaterapia
Para inalações, de preferência à noite misture, em 1 litro de água fervente, 5 gotas das seguintes essências: pinho, eucalipto, menta, tomilho e bergamota. Faça "cabaninha" com uma toalha, repetindo tudo 1 hora depois.
 

 
Cromoterapia
Para as gripes e resfriados a cor mais eficaz é a azul (tranqüilizante, anti-séptica e sudorífica), que pode ser usada no quarto, mentalizada ou irradiada para a água e os chás. Reforce o estado geral mentalizando também a cor rosa forte por todo o corpo. 
Do-In
Aos primeiros sintomas da gripe, tente evitar que ela progrida segurando com os dedões dos dois pés uma pedra de gelo, até que derreta totalmente. Para aliviar as dores e sensações de mal estar, faça pressões repetidas com a ponta do dedo médio no ponto 15 do meridiano do Triplo-Aquecedor; no caso de febre, pressão contínua com a polpa do polegar no ponto 11 do meridiano do Intestino Grosso. 
 

Não se cuida de um bem  deixando que ele estrague,

para depois tentar remediá-lo

 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 

HERPES

    Doença infecciosa virótica caracterizada pela erupção de pequenas vesículas na pele ou mucosas (rosto, boca, nariz, órgãos genitais), acompanhadas de coceira que, com o tempo arrebentam, formando crostas amarelas. Costumam surgir em decorrência de situações de estresse, nervosismo, menstruação ou aproveitando a presença de outras moléstias infecciosas que causam debilidade orgânica. Regridem espontaneamente em cerca de 15 dias, mas costumam voltar em situações propícias.
    O Herpes simples deve ser diferenciado do Herpes Zoster, bem mais agressivo, com período de incubação de l mês, que provoca febre, cansaço, dores musculares e dores intensas no caminho do nervo comprometido, com vesículas que podem chegar a inflamar e deixar seqüelas.
 
Prevenção
    Quem já teve, ou tem, propensão a manifestar o herpes tem, na dieta, um dos cuidados preventivos mais importantes. Em primeiro lugar, diminua ao máximo o uso de carnes, ovos, sal e gorduras animais. Reforce a vitamina A com laranja, leite e cevada; o complexo B com legumes, frutas, cereais integrais e levedura de cerveja; aumente a ingestão de Magnésio através da aveia, centeio, feijões, queijo, limão, figo, ameixa e amêndoas.
    Uma vez por semana faça um dia de jejum leve, só com sucos.
 
Alimentação
    Na fase aguda da doença, reforce a alimentação depurativa com a ingestão de cenoura, rabanete, nabo, agrião, aspargos e rábanos negros, todos crus e ralados. Use também, diariamente, o suco de l limão, em jejum; ou faça a conhecida dieta depurativa em que se aumenta a cada dia o suco de l limão até chegar a 7 ou 12 e, então, se inverte a progressão.
 
Cuidados físicos
    É recomendado, para evitar o surgimento do herpes, os banhos de sol controlados, em horários matinais, com exposição gradual e acompanhados de exercícios físicos leves, caminhadas, ginástica e ioga. Na fase eruptiva, porém, indica-se repouso, exercícios respiratórios e relaxamentos conscientes.
 
Outros procedimentos locais:
Para desinflamar a região afetada, antes do aparecimento de vesículas, use tecido de algodão para aplicações locais de um cataplasma feito com lkg de queijo branco gordo e 15 colheres de sopa de farelo de trigo numa pasta homogênea.
Medicamentos naturais
As preparações feitas com ervas medicinais são indicadas para ambos os tipos de herpes, aliviam a dor, a inflamação, evitam seqüelas e, usadas com freqüência, até mesmo as recidivas.
Aromaterapia
    Os óleos essenciais usados em aplicações locais sobre as erupções aliviam as dores e coceiras. Em um copo de água, dilua um total de 40 gotas das seguintes essências: lavanda, tomilho, sálvia, eucalipto, cipreste, alecrim e aplique, pura, com gaze ou algodão.
 
Cromoterapia
Para aliviar as dores, aplique o amarelo-alaranjado diretamente sobre o local afetado.
Do In
    Para o caso do herpes labial, procure o ponto 11 do meridiano do pulmão e massageie por 3 minutos várias vezes ao dia.
    No caso do Zoster, trabalhe mais prolongadamente os pontos 7 do pulmão, 4 e 11 do intestino grosso, 6 do baço-pâncreas, 7 do rim, 5 e 8 do fígado.
 
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 



 

MAU HÁLITO

   Odor desagradável exalado da cavidade bucal em conseqüência de disfunções digestivas, metabólicas ou respiratórias. As causas mais comuns do mau hálito estão ligadas a hábitos de higiene inapropriados, cáries dentárias, gengivites, amigdalites e sinusites. Também podem sinalizar afecções mais graves como de estômago, esôfago, pulmões, diabetes e uremia.
   É fundamental, portanto, identificar a causa do mau hálito e tratá-la adequadamente, pois as atitudes paliativas apenas amenizam o sintoma.

 

Alimentação
Além de adotar a dieta indicada para a causa específica que estiver provocando o mau hálito, alguns hábitos alimentares simples podem evitar as fermentações bucais e suas conseqüências:
- Tomar, em jejum, suco de tomates maduros e 1 a 2 copos de suco de cenoura ao longo do dia.
- Consumir iogurte natural e salada de agrião diariamente
- Não ingerir líquidos durante as refeições.
- Evitar o fumo, álcool e o hábito de mascar chicletes ou chupar balas “para disfarçar”.
- Reduzir açúcar e farinha.
- Mastigar muitas e muitas vezes antes de engolir cada garfada. Nunca deixar o estômago completamente vazio.
 
Cuidados físicos
A prática de esportes, ginástica e caminhadas oxigena o organismo e estimula as funções metabólicas, sendo um importante coadjuvante na cura geral. Para os casos em que estão envolvidas afecções digestivas, as ginásticas abdominais são particularmente indicadas.
A higiene dentária e bucal deve ser feita com zelo, pela manhã e à noite, recomendando-se gargarejos com suco de limão. Após as refeições, o uso de fio dental e escova é imprescindível para eliminar os resíduos.
 
Medicamentos naturais
Os fitoterápicos podem ser usados em duas indicações distintas:
1)  Como ativadores da digestão, geralmente sob a forma de infusões filtradas, 2 a 3 xícaras ao dia. São comprovadamente eficazes a alcachofra (folhas), alecrim (folhas e flores), capim cidrão (folhas e flores), eucalipto (folhas) e funcho (frutos)
2)  Em colutórios para bochechos e gargarejos, filtrados e mornos. É o caso da angélica (raízes), azedeira (toda a planta), hortelã (folhas e flores) e melissa (flores deixadas em aguardente por 5 dias).
 
Vinho antisséptico
Deixe em maceração por dez dias, l litro de bom vinho, 60g de sementes de erva-doce, 120g de raízes de alcaçuz,  60g de sementes de funcho e 20g de cravo-da-índia. Depois filtre e acostume-se a tomar l cálice após as refeições.
 
Aromaterapia
Para enfrentar problemas de dentes e gengivas, faça bochechos com 3 gotas em l copo de água morna com as essências de aniz, cedro e menta. Se a origem for digestiva, use os mesmos óleos essenciais ingeridos, 5 gotas duas vezes ao dia.
 
Cromoterapia
Para infecções bucais aplique ou mentalize, na região, as cores prata e verde. Para o aparelho digestivo, aplique amarelo, laranja e azul.
 
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 


 
INFLAMAÇÃO

Processo de reação do organismo, através de seu sistema de defesa (ou imunológico),  caracterizado por edema localizado, acompanhado de vermelhidão (pela dilatação dos vasos sangüíneos), dor e calor.
As inflamações são sempre conseqüência de uma agressão, seja pela ação infecciosa de microrganismos (vírus, fungos ou bactérias), ou ainda por traumatismos, transtornos metabólicos, intoxicações, alergias, ou mesmo desequilíbrios psíquicos e emocionais.
Por representarem um mecanismo de defesa próprio dos seres vivos, não devem ser substituídas ou anuladas (como costuma acontecer quando do uso dos remédios chamados “sintomáticos” tão comuns na alopatia), e sim preservados e ativados através de procedimentos naturais.
 

Alimentação
Hábitos saudáveis de vida, que fortalecem e aumentam a resistência do organismo são, naturalmente, a grande arma de defesa contra qualquer agressão. Isto inclui uma alimentação rica em vegetais, frutas e grãos integrais, e um distanciamento de substâncias que, por si só, intoxicam e enfraquecem o organismo, predispondo a infecções, como o fumo, bebidas alcoólicas, carnes, produtos refinados e que contenham aditivos químicos.
Durante os processos inflamatórios, convém seguir uma dieta hipotóxica com sucos e frutas frescas, hortaliças e legumes crus, cebola, alho, leite e derivados, com reforço em alimentos que contenham vitaminas C (beterraba, brócolis, rabanete, salsa, limão, tangerina, caju, etc.)  e do complexo B (levedura de cerveja, aveia, centeio, entre outros).
Destaques para o alho, que age até mesmo contra agentes patogênicos resistentes aos antibióticos comuns, ingerido cru e em grandes quantidades;
para o mel, que por ser emoliente deve sempre substituir o açúcar durante os processos inflamatórios, e para o própolis, antigérmico natural de uso local e oral.
Abaixo uma receita tradicional para o combate às inflamações, que tem efeito depurativo e desintoxicante, criada pelo médico suíço Bircher-Benner, e que também tem efeito poderoso nas pessoas debilitadas:
 
 
Müsli
Deixar em um copo com 2 dedos de água l colher de sopa de aveia por 12 horas. Depois juntar o suco de meio limão, l colher de mel e l de leite. Ralar em seguida, enquanto mistura, 4 maçãs médias, apenas descascadas e aproveitando polpa, sementes e pedúnculos. Polvilhar com amêndoas ou nozes raladas, e ingerir em seguida como uma refeição principal.
Cuidados físicos
O repouso é sempre recomendado no caso das inflamações, até mesmo para dar tempo ao corpo em sua luta contra a agressão sofrida.
- banhos de imersão e saunas são depurativos recomendados com constância para as pessoas intoxicadas ou que tenham tendência a inflamações crônicas ou reincidentes.
- banhos quentes ou para estimular a sudação podem ter grande efeito desinflamatório, mas são recomendados apenas para pacientes não debilitados e sem problemas cardiorespiratórios.
 

- as compressas para aplicação local são um grande paliativo para a dor e estimulam todo o processo, desde que orientadas quanto ao seu diferencial:
    - compressas quentes para processos infecciosos, aplicadas com pano de linho, durante 20 a 30 minutos sobre a região afetada, em ambiente aquecido, seguida de repouso, antes de uma ducha fria e rápida. O uso de algumas ervas como o confrei, a folha de couve e a arnica nas compressas acelera o processo.
   - compressas frias para processos traumáticos, ou mesmo bolsas de gelo, o que evita derrames especialmente nas articulações.
 

 Observação:
 * também é tradicional a aplicação local da folha de violeta diretamente sobre o local nas inflamações agudas causadas por irritação ou alergia.
 * cataplasmas de argila, de meio centímetro de espessura, são recomendados nos casos de muita vermelhidão e edema local. Devem ser aplicados durante l ou 2 horas, uma vez ao dia, acompanhado da aplicação de outro cataplasma idêntico e ao mesmo tempo na região do baixo-ventre.

Medicamentos naturais
As medicações feitas com ervas medicinais têm efeitos contra a dor, o processo inflamatório em si e mesmo infecções mais específicas mas, de um modo geral, sua ação é depurativa, anti-séptica e sudorífera, resolvendo os processos de dentro para fora, através da eliminação das toxinas pela urina, fezes e suor.
Sob a forma de chás, em doses de 3 a 4 vezes por dia, são recomendados:
alface (folhas), camomila (flores), cevada (sementes), malva (folhas), borragem (folhas), chicória (folhas picadas), dente-de-leão (raízes), sabugueiro (folhas secas), salsaparrilha (raízes) e urtiga (folha inteira).
Para facilitar o efeito depurativo, todas podem ser associadas a chás diuréticos ou intestinais.
 
Aromaterapia
Os óleos essenciais também podem ser usados tanto em compressas de aplicação local no combate à dor e edema, como ingeridos com chá ou uma colher de mel, à base de 10 a 15 gotas. As essências mais usadas são: camomila, eucalipto, cedro, menta, bergamota, limão, tomilho e lavanda.
 
Cromoterapia
O tratamento adequado depende da causa que provoca a inflamação, mas pode-se sempre minimizar o problema usando a cor prata, que tem efeitos adstringentes e cauterizantes. Para a febre, aplique ou mentalize azul ou branco-azulado; e para a dor, amarelo.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
 
 
 
QUEIMADURAS

São afecções das camadas protetoras do corpo (pele e/ou mucosas), geralmente causadas pelo contato com o fogo, raios de sol, água fervente ou produtos químicos. Sua gravidade depende da extensão atingida (acima de 10% já e considerada grave), das partes afetadas (mais sérias as que atingem o rosto e orifícios como boca, olhos, anus, etc.) e da profundidade da lesão, sendo chamadas de 1o grau as inflamações superficiais com dor, ardor e vermelhidão, de 2o grau as que formam bolhas ou bexigas que podem se infectar, e de 3o grau as que levam a erosão profunda, atingindo músculos e ossos.

Alimentação

Recomenda-se para o período pós-traumático uma dieta restrita à base de frutas, sucos e caldos de aveia e cevada, que auxiliam a regeneração dos tecidos e recuperam a água perdida pelo corpo, abstendo-se do uso de proteínas animais e alimentos portadores de toxinas.

Cuidados físicos
O repouso é de fundamental importância para a evolução do quadro, já que diminui as dores e evita maiores traumas. Da mesma forma, a água deve ter reposição imediata, tanto bebida em fartas quantidades, quanto aplicada nas regiões afetadas por meio de lavagens ou compressas frias.
Recomendações especiais
Queimaduras solares e de 1o grau
* aplicar no local afetado azeite de oliva, vinagre de sidra ou iogurte natural. Para aliviar a dor, pulverizar a região com pó de arroz ou talco neutro. Se depois surgir uma pequena ferida, aplicar manteiga sobre ela e cobrir com gase.
 

Queimaduras de 2o grau

* se as bolhas estiverem intactas, proceda como com as queimaduras de 1o grau. Caso tenham estourado, desinfete com uma mistura de infusão de folhas de sabugueiro com vinagre de sidra. Depois, corte cuidadosamente a pele solta, volte a desinfetar e aplique uma das compressas recomendadas abaixo.
Queimaduras de 3o grau
* se a roupa estiver em chamas, enrole a pessoa em lençol e faça-a rolar sobre a terra até o fogo apagar. Depois, retire as roupas sintéticas, com cuidado para não arrancar as partes aderidas à pele. Lave as queimaduras visíveis, aplique compressas esterilizadas e envolva a vítima em lençol limpo até o socorro chegar.
Obs - em caso de incêndio, jamais dirija o jato do extintor para a pessoa queimada, pois os produtos químicos que contém são tóxicos ao organismo.
 
Medicamentos naturais
As seguintes plantas podem ser utilizadas para a elaboração de cataplasmas ou linimentos de aplicação local, sempre frios e enfaixados com gaze: violeta (folhas aplicadas diretamente ou fervidas em água até que o líquido evapore), tília (folhas fervidas em água até a evaporação), passiflora (flores fervidas em leite até a evaporação), confrei (raízes frescas esmagadas), cenoura (polpa crua ralada), batata (polpa crua ralada), abóbora (suco das folhas frescas), verônica (flores e folhas fervidas em leite até a evaporação), camomila (inflorescências) com alfazema (flores) fervidas em água para lavagens.
Linimento
Bater muito bem a mistura de óleo de linho e água de cal, untar a área lesada e enfaixar.
Aromaterapia
* Para uso tópico, o mais indicado é o óleo essencial de lavanda, aplicado ao redor da queimadura; ou então, compressas feitas com a misturas das essências de lavanda, sávia, alecrim, eucalipto, cipreste e tomilho, em partes iguais, entre 50 e 60 gotas para l copo de água.
* Por via oral, tomar 5 gotas, duas vezes ao dia de um dos seguintes óleos essenciais: sálvia, alecrim, camomila, eucalipto, lavanda ou gerânio.
 
Do-in
Para aliviar as dores que acompanham as queimaduras, pressione continuamente com a unha do polegar, o ponto 65 do meridiano da bexiga, por cinco minutos, várias vezes ao dia.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
 
 
 
CELULITE

Distúrbio quase exclusivamente feminino, é um processo inflamatório (quando não infeccioso) que atinge o tecido celular subcutâneo, na malha das fibras conjuntivas, sob a forma de nódulos, que dão à pele um aspecto de “casca de laranja”. Pelo desequilíbrio do metabolismo local (de origem hormonal, endócrina, nervosa, digestiva ou circulatória) há uma retenção de água, sal e gorduras que se infiltram pelos tecidos, formando estes edemas localizados especialmente nas coxas, nádegas, braços e ventre, que causam cansaço, peso e resfriamento local. O tratamento deve levar em conta as causas gerais ligadas a hábitos e qualidade de vida, além das ações locais.

Alimentação
Uma dieta alimentar balanceada é sempre o primeiro passo para uma vida saudável e a manutenção de um peso ideal mas, instalada a celulite e enquanto é tratada a causa de fundo, convém se submeter a uma dieta especial por 45 dias, onde ficam vetadas gorduras, féculas, e nos primeiros 15 dias também frutas e hortaliças. Por outro lado ficam liberadas neste período as proteínas animais sob a forma de carnes magras, peixe, crustáceos, ovos e queijos pastosos, somados numa segunda fase a legumes cozidos, verduras, abacaxi, pêssego, morango e melão. Beba 2 litros de água ao dia, e use como tempero apenas vinagre e ervas aromáticas.
Cuidados físicos
Os exercícios físicos mais comuns, como as caminhadas, pedalar, nadar e pular corda são práticas preventivas para a celulite, pois fortalecem a musculatura e melhoram a circulação sangüínea. Aparecendo os sintomas, os exercícios localizados devem ser intensificados, acompanhados dos seguintes procedimentos:
massagens - promovem aumento da circulação sangüínea
. com esponja ou escova dura durante o banho, sempre na direção dos membros para o tronco
. fricção e pressões com os dedos de braços e pernas, com óleo amaciante
. amassamento e palmadas nas zonas afetadas por cinco minutos
. hidroginástica e drenagem linfática duas vezes por semana
Banhos
- além da circulação, estimulam o metabolismo como um todo
. caminhadas na praia com água pela cintura
. duchas locais com a temperatura da água variando de morna a quente, e terminando fria por 10 minutos
. banhos de imersão com óleos essenciais de limão, gerânio ou cipreste. Algas marinhas também têm efeito especial
. saunas, na ausência de problemas cardíacos e respiratórios

argila - em 2 colheres de sopa de argila branca em pó misture hera e couve verde crua, estenda a pasta numa camada de 1cm de altura sobre um tecido grosso, e aplique no local por 30 minutos, diariamente.

cataplasma de queijo - para as celulites inchadas e dolorosas experimente aplicar por 15 dias, sempre à noite e durante 30 minutos, um cataplasma feito de queijo fresco, bem oleoso, de leite natural, de preferência com coágulos espalhado em tecido de algodão.

Medicamentos naturais
- têm ação coadjuvante no tratamento, agindo especialmente nas pessoas que têm tendência à retenção de líquidos, como depurativos e diuréticos, as decocções de raízes de dente-de-leão e salsa.
Composto depurativo
Leve à ebulição em fogo lento l litro de água com cabelo-de-milho (20g), parietária (20g), cavalinha (35g), zimbro (20g) e freixo (35g).Deixe repousar, filtre, e beba 3 xícaras ao dia.
Cromoterapia
A cor indicada para dissolver gorduras e ativar a circulação local é o vermelho-cobre, e as aplicações devem ser acompanhadas da ingestão de água ativada pela luz solar, e mentalização das cores prata e ouro.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
ACNE
 

Inflamação das glândulas sebáceas caracterizada pelo aparecimento de espinhas, geralmente purulentas, no rosto e o tórax. Há outras formas menos comuns, como as que provocam úlceras, quistos ou quelóides. Qualquer uma delas, quando não tratada, pode deixar como conseqüência severas cicatrizes, especialmente se ultrapassarem a fase juvenil, quando costumam ser mais sutis e regredirem espontaneamente. As causas mais típicas são as alterações hormonais e endócrinas, mas podem ter raíz em distúrbios hepáticos, pancreáticos, intestinais, circulatórios, e complicadas pela ação de bactérias.
 

Alimentação
A qualidade da dieta e a depuração intestinal têm importância fundamental para acelerar a eliminação da acne, e alguns alimentos deveriam ser simplesmente eliminados do cotidiano nos períodos mais agudos do processo, como: farináceos (exceto aveia e centeio), batatas (exceto cozidas), gorduras e frituras em geral, carnes pesadas, defumadas, em conserva ou embutidos, frutos do mar, tomate, pepino, feijão, lentilha. Das frutas, evite as cítricas, nozes, chocolate, também sorvetes, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Entre os condimentos, diga não ao vinagre, pimenta e mostarda.
Por outro lado, reforce o uso de cenoura, espinafre e germe de trigo, que contém vitaminas A e E, e abuse de verduras frescas, legumes cozidos e frutas que facilitem o funcionamento intestinal.
 
Cuidados físicos
Os exercícios físicos mais comuns, como as caminhadas, pedalar e pular corda são práticas saudáveis, pois ativam a circulação sangüínea em geral. E devem estar associados aos procedimentos locais mais indicados:
 

massagens - promovem aumento da circulação sangüínea, e devem ser feitas diariamente, em movimentos circulares, de cima para baixo.
 

banho de vapor - na água em ebulição acrescente flores secas de cavalinha e camomila, e faça uma espécie de inalação do tipo “cabaninha” por 15 a 30 minutos. Depois aplique uma ducha fria no rosto.
 

argila - pode ser utilizada de 3 formas diferentes:
*máscara - faça uma pasta bem homogênea com l colher de sopa de argila em pó, 1 de água e l de azeite; aplique no rosto à noite e só retire pela manhã com uma mistura de azeite de oliva e suco de limão.
*cataplasma - misture argila com água de sabugueiro e deixe a pasta exposta ao sol por 6 horas. Depois faça um pacotinho com tecido de algodão, e aplique alternadamente sobre o fígado e o intestino, nos casos em que as dificuldades digestivas forem evidentes.
*água de argila - ao acordar, misture 1 colher de café de argila fina em um copo de água, deixe repousar por meia hora, e tome ainda em jejum, durante semanas alternadas, para auxiliar na depuração.
 

limpeza de pele - evite o uso de sabonetes comuns, substituindo-os por sabonete neutro ou sulfuroso, em várias lavagens ao dia. Bons efeitos podem também ser obtidos com lavagens com chá de cavalinha (50g para meio litro de água). Máscaras de beleza podem também produzir excelentes resultados, quando usadas por 45 minutos em dias alternados:
máscara à base de mel - amasse bem uma mistura de 1 colher de café de mel, 1 de farinha de centeio e suco de meio limão; aplique imediatamente. Pode acrescentar também à mistura pólen de flores moído.
 

outras aplicações - entre as medicações alopáticas para uso local, e que, portanto, merecem um acompanhamento médico mais direto, são indicados os estrógenos (que diminuem a produção de sebo), produtos à base de enxofre, ácido salicílico e resorcina. Nos casos mais graves, pode ser recomendada a aplicação de raios ultravioleta.
 
 

Medicamentos naturais
É bastante conhecida, e de grande utilidade nos casos de acne associada a dificuldades digestivas e mal funcionamento intestinal, a chamada dieta depurativa do limão, que essencialmente consiste em tomar em jejum (l hora antes da ingestão de qualquer outro alimento) o suco de limões puros, tenros, maduros e sem açúcar ou água. O ideal é ir aumentando a quantidade em l limão ao dia até chegar a sete (ou doze, ou vinte), e retornar ao início retirando l limão ao dia.
Também são consideradas ervas depurativas, que podem ser usadas sob a forma de infusão, 3 xícaras ao dia: alface, agrião (suco de folhas e flores), sabugueiro (flores secas). As ameixas secas também são tradicionalmente recomendadas para as prisões de ventre crônicas: lave bem 3 ameixas e deixe-as descansando durante toda a noite em um copo de água. Pela manhã, em jejum, coma as ameixas e beba a água.
As essências de camomila e benjoim são antiinflamatórias e cicatrizantes e podem ser aplicadas diretamente sobre a acne, sob a forma de pomada ou tintura, várias vezes ao dia.
 
Cromoterapia
A cor indicada como anti-séptica e adstringente é o azul, que pode ser aplicado com luz direta por 15 minutos, ou mentalizado sob a forma de uma pasta esbranquiçada aplicada no local. Depois de 20 minutos, visualize a cor prata da cicatrização.

 

 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
 
 
VERMES

    A presença de parasitas de animais inferiores no organismo humano é  muito mais comum do que se admite, e tão freqüente em adultos quanto em crianças.
    Por força do contágio oral (através de alimentos mal lavados ou mal cozidos, água contaminada, mãos sujas, etc.), a preferência de habitat é pelo trato intestinal, embora possam vir a se localizar em outras regiões do corpo, como fígado, pulmões, músculos, etc., aí então com conseqüências clínicas bem mais graves.
    Diagnóstico específico deve ser feito através de exame de fezes mas, de preferência, por culturas repetidas durante três dias, ou então com intervalo semanal, que têm melhores condições de "flagrar" ovos ou cistos.
 

    Uma dica da experiência é prestar atenção àquelas línguas grossas, com uma camada branca por cima, e mal hálito; vermes na certa!
 

    Os mais comuns são as lombrigas, oxiúros, ancilóstomos e tênias, entre outros, que provocam sintomatologias variadas, mas geralmente combinando diarréia ou prisão de ventre, com cólicas, fadiga, nervosismo, anemia e pruridos nas mucosas.
    Como as verminoses só costumam ser mortais em casos raros de infestação maciça ou condições de desnutrição graves, os seres humanos acabam convivendo com elas no cotidiano, alheios ao fato de que roubam suas reservas energéticas, ficam com boa parte dos nutrientes que consomem e, afinal, como bons parasitas, vapirizam suas forças, baixam suas defesas e o deixam à mercê de desequilíbrios mais significativos.

Hábitos e Prevenção

O mal está no que entra pela boca:
- lave bem as mãos antes das refeições, após mexer em objetos contaminados ou ir ao banheiro.
- ao andar com os pés descalços na terra, tenha cuidado com a contaminação de fezes.
- lave os alimentos crus em água corrente, e as verduras deixe embebidas em vinagre ou suco de limão antes de ingerir.
- preste atenção à água que bebe, pois melhor que seja filtrada ou fervida.
- atenção aos enlatados e embutidos, que precisam estar em condições perfeitas de uso e dentro do prazo de validade.
- cuide também da procedência das carnes que ingere, especialmente a de porco, e as prefira bem passadas.
- uma dieta saudável é, antes de tudo, uma alimentação cuidadosa.
 

OBS: VERMINOSE NÃO É DOENÇA DE POBRE!

    E você que é rico ou de classe média, por mais vergonha que isto lhe cause, deve também carregar seus verminhos na barriga. Para isso, basta estar vivo e não ter o costume de maiores cuidados!

Terapêutica

- procedimento alopático consiste na administração de vermífogos, mais ou menos específicos, cuja dose deve ser repetida no intervalo de uma semana para reforço, e a prática refeita anualmente. Não só em crianças em idade escolar, MAS TAMBÉM NOS ADULTOS, que podem estar sendo os grandes portadores domésticos latentes. O maior custo alopático está nos efeitos colaterais que a toxicidade de tais venenos contém.
- procedimento mais natural solta rapidamente o intestino e, assim, expele com as fezes os parasitas.

Herdado das receitas da vovó, dispensa a caracterização específica do agente patológico, e consiste basicamente na administração de uma colher de sopa de um óleo adstringente (óleo de rícino, óleo de fígado de bacalhau ou mesmo óleo de soja ou milho comuns), como laxante, de preferência em jejum, antes e depois de:
sementes abóbora - retire sementes de abóbora, deixe secar ao sol, macere até conseguir uma pasta e ingira uma colher de sopa, mantendo-se em jejum por l hora. Repita diariamente por 14 dias.
 

sumos ou caldos

artemísia - macere e esprema folhas frescas, ou faça um chá, mas mantenha-se em jejum por toda a manhã, e repita o procedimento por 21 dias.

alho - macere l dente por dia e tome com l copo de água, mantendo-se em jejum por 3 horas, e repetindo o procedimento por 1 semana.

anis - use uma colher de chá de anis estrelado em água fervente. Esfrie, coe e beba 2 xícaras.

camomila - em água fervente, coloque uma colher de café de flores de camomila, um pedaço da parte interna da casca de laranja, tangerina ou limão, adoce com mel e beba morno.

romã - deixe 40g. de raiz de romanzeira descansando em ½ litro de água por 24 horas.  Então, ferva até que o líquido se reduza à metade, deixe esfriar, filtre e tome l xícara a cada duas horas ao longo do dia, antes de ingerir novamente o óleo laxante.

losna - deixe l colher de sopa de folhas e flores de losna em l litro de água fervente por 15 min. Filtre e beba l xícara, após l colher de mel, 3 vezes por dia.

catinga-de-mulata - o chá feito com l colher de sopa das folhas e flores em l litro de água pode ser ingerido via oral, ou usado como clister nas infestações mais agudas.
 

Aromaterapia
São óleos essenciais gerais, indicados para infestações leves e inespecíficas, em doses que variam de 3 a 10 em l copo de água, dependendo do peso do paciente: menta, cravo, camomila, lavanda e funcho.
Contra lombrigas, são específicos, nas mesmas doses: eucalipto, alho e tomilho.
Contra oxiúros, alho, eucalipto, tomilho e limão.
Contra tênia, alho, tomilho e terebintina.

Cromoterapia
Em jejum, enquanto o tratamento específico faz efeito, aplique na região do abdome as seguintes cores, nesta ordem, 15 min. cada uma: branco, prata,
laranja, vermelho e azul.
 
 

 

 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SINUSITE

    Na face, entre as narinas e os ouvidos, existe um conjunto de cavidades interligadas,  recobertas por mucosa, denominadas seios. Quando inflamados, devido a resfriados prolongados ou recorrentes, ou mesmo como conseqüência de infecções dentárias, origina-se a sinusite, caracterizada pelo armazenamento de secreções líquidas nas cavidades, com obstrução dos condutos, aumento da pressão interna e dor. Quando crônica, pode vir acompanhada de febre, afonia, mau hálito e formação de pólipos. A maioria das condutas aqui indicadas também se aplicam aos casos de rinites crônicas
 

Alimentação
Um regime equilibrado, rico em verduras, frutas e legumes crus, é vital para manter a mucosa nasal em condições ideais, além de um bom aporte de minerais e vitaminas A e D. Deve-se evitar o açúcar branco, farinha refinada, ingestão abusiva de proteínas animais e reduzir ao máximo o consumo de sal.
 
Banhos e inalações
- lavagens - a mais simples das práticas preventivas da sinusite é o hábito de lavar as narinas, que pode ser praticado durante o banho aspirando-se a água morna pelo nariz, com a mão em concha, e expelindo-a pela boca. Como tratamento, pode-se adicionar à água uma gota de suco de limão ou de tintura de iodo, ou ainda de vinagre ou sal, ou então infusão de ervas como artemísia, gengibre ou nabo.
- banhos - as duchas frias nas pernas e os banhos de pé com água quente e fria intercaladas são práticas descongestionantes, assim como os banhos de vapor na cabeça, compressa quente na fronte com vapor quente na nuca, banhos de meio-corpo. São recomendações tradicionais também caminhar descalço pela grama úmida de manhã e andar na água.
- inalações - todas as ervas que seguem podem ser fervidas e usadas como descongestionantes em inalações por 10 minutos ao estilo “cabaninha”, com uma toalha de algodão: eucalipto (folhas), acanto (folhas e flores), camomila (inflorescências), eufrásia (inteira), hipérico (flores), malva (folhas), tomilho (inteira) e verbena (inteira). Se preferir, use os seguintes óleos essenciais (à base de 5 gotas/litro de água fervente), ou inspire em um lenço 2 gotas várias vezes ao dia: menta, tomilho, cedro, limão, lavanda, eucalipto e manjerona.
- compressas - para uso local nas regiões doloridas, recomenda-se a aplicação de compressas quentes embebidas em algodão de infusões com  folhas de louro. Também pode usar 3 vezes por dia compressas    preparadas com l dia de antecedência diluindo-se em l xícara de infusão de tomilho, l colher de café de argila em pó. Também é possível se conseguir um ungüento ou pomada misturando-se em gordura vegetal um punhado de  manjerona, até obter uma pasta consistente que será aplicada no nariz  várias vezes ao dia.
 
Medicamentos naturais
Nos casos crônicos, recomenda-se associar às práticas locais tratamentos via oral prolongados de, pelo menos, 60 a 90 dias, à base de 3 xícaras ao dia, de uma ou de misturas das seguintes infusões: eucalipto(folhas frescas), losna (folhas e flores), calêndula (folhas, 1x/dia), poejo (inteira), primavera (flores), pulmonária (folhas e flores), eufrásia (planta florida), malva (flores)
 
Do-in
Nas congestões nasais em geral, é indicada a pressão por 5 minutos com a unha do polegar no ponto 11 do meridiano do pulmão, e com a ponta do dedo médio no ponto 20 do meridiano IG. Especificamente para a sinusite, é recomendada a pressão contínua no meridiano IG dos pontos 4 e 20, e no ID os pontos 2 e 18.
 
Cromoterapia
Faça exercícios respiratórios suaves mentalizando as seguintes cores, nesta ordem: azul, índigo, laranja, amarelo e prata. Ou focalize lâmpadas com estas cores diretamente sobre a região afetada, 3 minutos cada uma.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso!

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
 
 
 
 TOSSE

        A tosse não é uma doença em si, mas um sintoma reflexo que visa expulsar de forma abrupta o ar do aparelho respiratório irritado por inflamações, muco, poeira, vapores, umidade ou processo alérgico. As tosses chamadas produtivas expelem os elementos que impedem a livre circulação do ar e devem ser tratadas através do favorecimento da expectoração; já as chamadas irritativas advém de inflamações ou da asma, e devem ser suprimidas para evitar o estado crônico ou a bronquite. Há ainda as tosses convulsivas como a da coqueluche, doença aguda que exige ação rápida e cuidadosa.

Alimentação
Os cuidados alimentares básicos dependem da origem do sintoma e do estado do paciente mas, de um modo geral, além da alimentação balanceada, recomenda-se a utilização de bastante alho como tempero das comidas, no mínimo dois copos de suco de cenoura por dia, couve crua, mel e própolis em altas doses.
Cuidados físicos
Procedimentos tradicionais devem ser seguidos, como evitar friagens, vento, sol em excesso ou mudanças bruscas de temperatura. Para facilitar a expectoração são sempre proveitosas as inalações com eucalipto e vapor, compressas quentes e unguentos sobre o peito. A ioga também acalma o sintoma, assim como massagens leves e prolongadas, no peito e nas costas, com óleo de linhaça.
Medicamentos naturais
infusões - indicadas para as tosses mais rebeldes com catarro, deve-se adicionar as ervas indicadas à l xícara de água fervente, filtrar, adoçar com mel, e tomá-la ainda bem quente, debaixo das cobertas. São recomendadas a tussilagem (folhas frescas), sabugueiro (flores), tomilho e alecrim (folhas e flores). O mesmo pode ser feito também com suco natural de abacaxi.

decocções - indicadas para o uso em doses mornas ao longo do dia, sempre adoçadas com 1 ou 2 colheres de mel (de preferencia de eucalipto ou assa-peixe). As mais fáceis de fazer em casa são; a) de cenoura - cozinhe 300g a 400g de cenouras tenras em l litro de água até ficarem bem macias, amasse e misture novamente ao líquido do cozimento. b) de couve - em meio litro de leite, ferva 2 folhas de couve sem as nervuras, e depois coe.

tintura - para quem tem casos renitentes na família, convém ter sempre à mão uma tintura de eucalipto: deixe em maceração por 5 dias, em 50ml de álcool 60o  , 5 a 10g de folhas frescas de eucalipto. Então, filtre, conserve em vidro com conta-gotas, e beba 10 gotas diluídas em um pouco de água, sempre que necessário.

Receita especial
Xarope de Cebola
Cozinhe em 1l. de água, por 3 horas, em fogo lento, 1kg de cebolas frescas, 750g de açúcar e 300ml de mel. Depois, deixe esfriar e coe. Conserve em garrafa escura, e tome 4 colheres ao dia.
Aromaterapia
Os óleos essenciais podem ser usados via oral, na dose de 2 gotas, misturadas  ao chá ou em 1 colher de mel. Ou aplicados no inalador, na proporção de 5gotas para 1litro de água. As essências mais indicadas são eucalipto, anis, cipreste e tomilho.
Do-In
Para acalmar a tosse, faça pressão com a ponta do dedo médio, e depois massageie para baixo, o ponto 22 do meridiano do vaso da concepção, situado na reentrância que existe bem acima do início do osso esterno, logo abaixo do chamado “gogó”.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 
 
 
 
REUMATISMO

Afecção das articulações que tem como causas principais, além dos fatores genéticos e predisponentes, os hábitos alimentares, a vida sedentária, o frio e a umidade, podendo levar a graves complicações renais e cardíacas. Nos casos agudos, é comum a febre alta, dores, inchaço e vermelhidão das articulações; nos crônicos, além do inchaço, aparece a rigidez, deformações e progressivas incapacitações mecânicas. Há ainda uma forma menos grave, extra-articular, que atinge bolsas sinoviais, tendões, etc. Em qualquer caso, porém, o tratamento alopático consiste apenas no uso de analgésicos e antiinflamatórios (geralmente derivados da cortizona), e uma verdadeira melhora dos sintomas só será alcançada com profundas mudanças na rotina alimentar e nos hábitos de comportamento.
 

Alimentação
Há uma relação direta entre o consumo de proteínas de origem animal e o aparecimento dos sintomas reumáticos. A elas se soma o uso freqüente de doces, refrigerantes, farinha branca, tortas, café e bebidas alcoólicas. O sal e o açúcar refinados também provocam desequilíbrios no quociente cálcio/fósforo do organismo, e os conseqüentes depósitos articulares. O tratamento do reumatismo, portanto, deve incluir a imediata adoção de uma dieta que restrinja o uso destas substancias ao máximo, substituída por muitas frutas e legumes frescos, grão integrais e produtos lácteos suaves, como iogurtes, coalhadas e ricota. Antes de fazer uma mudança alimentar desta grandeza convém passar por um período de 2 a 3 dias de jejum total ou apenas com sucos e saladas, para assim estimular a depuração das toxinas acumuladas.
 
Cuidados físicos
Os exercícios físicos mais comuns, como as caminhadas por exemplo, e esportes como a natação, são práticas sempre saudáveis, pois ativam a circulação sangüínea em geral. Também os exercícios respiratórios ajudam a oxigenar o corpo. E, exceto nos períodos mais agudos, deve-se praticar alongamentos e exercícios de flexibilização das articulações, para evitar que os sintomas evoluam.

massagens - promovem aumento da circulação sangüínea, e devem ser feitas diariamente, sob a forma de fricções, vibrações e pressões leves, com óleo de amêndoa ou oliva. Ou, nos casos mais graves, com o concurso de um profissional experiente.
 
banhos - a hidroterapia, de um modo geral, tem efeito descongestionante e sedativo, estimulando o metabolismo e a eliminação de toxinas. Além de banhos locais e cataplasmas recomendados para a fase aguda, é benéfica a prática de caminhar na água, as duchas completas pela manhã e os banhos de contraste nas articulações com chuveirinho quente e frio.

argila - tem efeito depurativo e descongestionante, e pode ser usada:
- via oral - l copo de água argilosa com 2 colheres de café de vinagre de sidra, 2 vezes ao dia, em jejum e à noite.
- compressas ou cataplasmas - água argilosa quente aplicada sobre as articulações dolorosas por meia hora.

 

Medicamentos naturais
Em diferentes manipulações, e usadas com constância, são de grande utilidade as ervas naturais no combate não só do reumatismo crônico, mas também em sua fase aguda e nos processos inflamatórios (artrite).
- infusões - Cerefólio (l litro de água fervente sobre 50g da planta fresca, por 15 min.). Filtrar e tomar 3 xícaras ao dia. Urtiga (2 colheres de sobremesa de folhas em 1 xícara de água fervente por 5 min.). Filtrar, adoçar com mel, 3 vezes ao dia.
- decocções - Limão (ferver o suco de 1 limão em 1 xícara de água at’;e reduzir à metade). Tomar em jejum diariamente. Orégano (ferver 15g de flores e folhas em ½ litro de água por 5 min.) Filtrar e beber ao longo do dia. Macieira (ferver 100g da casca em 1 litro de água por 20min.). Filtrar, adicionar suco de limão e beber 3 vezes ao dia.
- tinturas - Alho (juntar 25g de dentes descascados e triturados a 60g de álcool de fruta, mantendo em vidro conta-gotas). Tomar 15 a 20 gotas em jejum com água até o final do vidro. Saponária (macerar 60g da raiz em 200g de álcool 60o ). Depois de 5 dias, filtrar e tomar 30 gotas ao dia.
- xarope - Pinheiro-silvestre (macere 100g dos brotos em 100g de álcool a 60o). Depois de 4 dias, junte a l litro de água com 800g de açúcar e deixe em banho-maria por 10 min. Filtre e beba 4 cálices ao dia.
- linimento - Camomila - aqueça em banho-maria por 2 horas 50g de flores secas em 200g de azeite de oliva. A mesmo tempo, dissolva 20g de cânfora em 20g de álcool a 60o  . Passe o azeite frio através de um tecido para obter o suco das flores e misture ao álcool canforado; tampe bem e use para fricções.

OBS - Uma planta nativa da Serra do Mar, e portanto ameaçada de extinção, tem mostrado, na prática, valiosas propriedades antireumáticas É o Pacová, que pode ser utilizado em tinturas, na dose de 3 xícaras ao dia, associado ao Zimbro, o Alecrim e o Sabugueiro.

Aromaterapia
Podem ser usados nos banhos de imersão (15 gotas por 15 minutos), em massagens (diluído a 20% em óleo de amêndoa) ou por via oral (7 ou 8 gotas em 1 colher de mel após as refeições). As essências mais recomendadas para o combate ao reumatismo são: alecrim, canela sassafrás, zimbro, cipreste, eucalipto, limão, alho e camomila.
 
 

E a Saúde é seu bem mais precioso

 
Dr. Artur Rocha Fernandes CRM 22274 - É Clínico Geral formato pela UNICAMP em 1974 com especialização em Medicina Preventiva. Psicoterapeuta de formação gestáltica e junguiana (consultas individuais ou em grupo). Dedica-se à Medicina Psicossomática (doenças de fundo psicológico, emocional ou espiritual), aplicando terapias à base de oligoelemento (minerais) e ervas curativas (fitoterapia).
 
  Volta menu principal
 
 
Volta para "Páginas Mágickas"
Vai para "Chás Mágickos"
 
 
5051398WebDesignerbyLuisScarparo
© JSN Projetos e Informática 
 

 


Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição