Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
.
..
O Significado da Iniciação
.

Uma das definições mais simples e precisas do que é a iniciação é a seguinte: 
“A iniciação é um ritual simbólico que dá início a um processo mental e espiritual que visa capacitar o candidato a ser um operador consciente e competente de seres, que possuem um nível maior m de consciência para o seu desenvolvimento físico, mental e espiritual.

Como o nome indica, a Iniciação é apenas o início de um processo na alma do candidato. Um processo que também ocorre em maior escala na evolução da espécie humana. A humanidade está se movendo lentamente, em fluxos estáveis, embora a maioria cegamente, nas marés de evolução. Os homens e mulheres comuns não têm conhecimento deste processo. 

O candidato é o ator principal de um mistério, que passa por ações simbólicas de determinadas experiências psíquicas em sua jornada das trevas à luz. Isto é para lembrar as experiências que a alma tenha passado. A verdadeira iniciação é uma experiência espiritual.

É relatado que, nos antigos Mistérios do candidato para a iniciação nas várias fraternidades, ele tinha que agir de acordo com a história da vida do Hierofante original, o "homem divino", cuja história serviu de base de seu simbolismo e suas cerimônias. Deve ser dito que só conhecemos os Mistérios através de algumas informações de autores gregos e latinos, e também pelas informações fornecidas pelos Padres da Igreja, muitas vezes um pouco suspeitas. No ritual, numa cerimônia, é representada uma vida simbólica de um adepto iluminado, ou seja, a história de um ser cuja consciência se tornou divina, e assim se torna uma celebração mágica. O método de representação retrata um homem que morre, real ou misticamente, e ressuscita com a sabedoria de Deus. Para os egípcios, Osíris era o melhor exemplo de alguém que vence a sua humanidade, um símbolo de regeneração. Quando um oficiante do templo representa o papel da imagem de um deus ou ser divino, se conhece bem os métodos técnicos mágicos, assume a forma desse Deus tão perfeitamente que as emanações magnéticas do Deus nele fluem até  a parte mais íntima de sua alma.
 

O som e a cor desempenham um papel importante na operação de transmutar as energias correspondes a um plano menor e mais denso mediante as forças de um plano superior. Sua influência é baseada nos princípios da lei de oitavas de vibração. É uma coisa bem conhecida que muitas pessoas associam certas cores com determinados tons musicais. O som é uma vibração do ar, e o número de vibrações por segundo de cada nota pode ser definido com precisão. A luz é uma vibração do éter, e o número de vibrações por segundo para cada cor também pode ser calculado com precisão. Portanto, não é difícil descobrir uma relação matemática entre as vibrações do ar do som e da vibração de uma cor etérea, que é o que ocorre na mente de algumas pessoas muito sensíveis.
 

Nos planos sutis existem diferentes tipos de força, cada qual tem seu próprio ritmo vibratório. Se você puder encontrar o coeficiente deste ritmo, as suas raízes ou fatores primários, enunciando-os em sua devida seqüência evocarão a vibração complementar no corpo sutil adequada, que corresponda ao plano da potência que se quer invocar, tal como uma nota. A música faz a cor correspondente surgir na consciência. Esta é a explicação e a base do emprego nos Rituais dos Nomes Sagrados, palavras de passe e de poder.
 

Todas essas influências são usados para construir uma forma mental na mente coletiva do Templo, e nesta forma mental se apresentam as potencias invocadas com os Nomes Sagrados e as Palavras de Poder empregadas nas Cerimônias Rituais, enfocando-se todas estas influências sobre os participantes enquanto estão num estado consciente de exaltação. Esta é a explicação do poder do ritual.
 

Nem todos os candidatos estão psicologicamente preparados para receber este tipo de sabedoria ou poder, que para alguns é considerado sagrado. Nas genuínas escolas do mistério, aqueles que procuram a verdade recebem através da iniciação, ou seja, dos dramas rituais onde são ensinados os mistérios. A palavra mistério não tem a mesma conotação nos tempos antigos que, por vezes, tem agora "estranha", "sobrenatural", etc. Ele estava se referindo mais a uma gnose ou conhecimento exclusivo que foi revelado para o candidato durante a iniciação. Em grego, o verbo no plural “ta misterio” procede do verbo mya, que significa "cale a boca", que deu myésis, "iniciação" e, em seguida mystes, o "misto", iniciado nos mistérios, o que se refere à obrigação de permanecer em silêncio absoluto sobre o mistério. A relação dessas palavras mostra, obviamente, o significado da Iniciação. Por conseguinte, o candidato à Iniciação era o que recebia um conhecimento inspirado que iria fazer uma impressão mental ou emocional em sua consciência, ao mesmo tempo em que aumentava o seu conhecimento.
 

O significado da palavra "Iniciar" em português é "entrar, começar." Um iniciado é aquele que entra em um novo caminho. Não é um seguidor. Quem chama a Moisés, Hermes, Pitágoras, Buda e Jesus (Grandes Iniciados) distorcem o verdadeiro significado de uma boa palavra. Eles eram grandes iniciadores. Ensinaram novos caminhos. Eles foram grandes exemplos para os seus seguidores e não exceções. Um iniciado é um principiante, um novato, um aprendiz.
 

Nenhum rito, nenhuma cerimônia, não importa qual seja a sua forma ou a execução, é de fato uma verdadeira iniciação se não realiza o seguinte: 
(a) fazermo-nos introspectivos, ou seja, fazer com que a nossa consciência volte-se para o interior de nós mesmos, 
(b) gerar em nós o desejo de auto-aperfeiçoamento, a auto-transmutação de mudar os modelos de nosso subconsciente, tanto físicos quanto mentais e emocionais.
 

O universo inteiro é uma "dança da vida" cósmica, um ritual que mantém contato com todas as partes de si mesmo através cerimônia do movimento ritualístico. Até a expressão do amor depende do sacramento ritualístico que une duas partes de um todo. Talvez, no início, possa não ser muito perceptível os benefícios deste procedimento repetitivo, já que é necessário superar modelos subconscientes comuns e congelados e esta é uma "ação" de caráter acumulativo, portanto para fazer que se transformem numa parte integral, permanente do ser humano é preciso persistir neles.
 


.


 


 Volta para Índice Práticas Mágickas
 Vai  para Índice Páginas Mágickas
 Vai para Índice Novidades Mágickas 



Criado e  desenvolvido por:
Imagick Edições e Comunicações Visuais


Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição