Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
.
.
Baphomet
.
O néter, deidade ou Arquétipo de Baphomet possui uma origem extremamente controversa e que remonta à Idade Média (mais precisamente no período das Cruzadas Cristãs).

A Ordem dos Cavaleiros do Templo (Templários), era o braço militar dos países europeus na Terra Santa ao lado dos Hospitalários (estes notoriamente com menor projeção). E foi justamente entre estes cruzados da "Palavra de Cristo" é que surgiu o Senhor da luz e trevas Baphomet.
 

Em 13 de Outubro de 1307, está documentado que os soldados do Rei Filipe da França (o belo) a mando do próprio Papa (naquele período ainda não tinha se Sucedido a laiscização do Estado e por tal religioso e Político fundiam-se em Interesses opressores mutuais) e do rei francês, invadiram a Fortaleza dos Templários e levaram sob custódia seu Grão-Mestre Jacques de Molay e grande parte dos cavaleiros como prisioneiros sob a acusação de veneração do demônio sob a forma de um ícone chamado Baphomet.

A veracidade do facto dos Templários venerarem realmente o demônio sob a imagem de Baphomet é extremamente questionável e incerta. É sabido que desde a criação da Ordem na Primeira Cruzada (em torno de 1095), estes ganharam enorme poder militar, pecuniário e político.
 

 

Seu poder militar veio graças a criação de um sistema de treinamento severo de seus cavaleiros, aprimoramento de práticas beligerantes antigas, sistema de ingerência rígido e uso de armas de qualidade superior a vista em muitos exércitos.

O poder pecuniário adveio graças a pilhagem de inúmeros bens dos muçulmanos. Com a invasão de suas fortalezas e cidades, controle de rotas por onde passavam caravanas de comerciantes islâmicos.

Sendo uma época baseada num sistema onde o acúmulo de terras (estas em Teoria no nome da Igreja) era sinônimo de poder, os templários ganharam enorme influência política pelo gerenciamento de inúmeras fortalezas na Palestina e outras regiões. Assim como detinham grande parte da massa cristã ao seu lado pelas conquistas e por serem tidos como o "Exército de Jeová na Terra"'', o que deu-lhes influência enorme.

Por estes fatores, o papa Clemêncio (ou Clemens como era conhecido) temeu o poder enorme adquirido pelos Templários e que estes pudessem influenciar desfavoravelmente a "Balança de Poder" caso decidissem adquirir independência plena do augúrio papal. 
 

Grão-Mestre Jacques de Molay

Destarte começou este, a instigar os reis contra os templários. Mas instigar a nobreza contra a Ordem não seria nem de longe suficiente para conseguir uma campanha absolutamente bem-sucedida contra os Cavaleiros do Templo. Ainda era preciso o consentimento do povo a partir do descrédito da Ordem perante os moldes crististas fortíssimos da época.

Calcula-se que desta forma foram muito bem plantados boatos e falsas provas de que os templários veneravam um demônio de nome Baphomet e que por tal deveriam ser eliminados em nome de Deus.

Nesta versão, chegamos a conclusão de que Baphomet foi na realidade uma deidade inventada pela igreja (como tantas outras o foram no período da inquisição) para desmerecer e eliminar os cavaleiros templários.
 

Contudo, existem correntes de historiadores, arqueólogos e estudantes do oculto que afirmam veementemente que realmente os templários teriam cultuado uma entidade de nome Baphomet. E que tal entidade seria em realidade um fusionismo do conceito cristão religioso de Yeshua (Jesus) e Mohammed (uma figura muitíssimo cultuada na antiga terra dos muçulmanos). Tal sincretismo deu-se sem uma percepção consciente por parte dos templários segundo estes estudiosos. Todavia esta entidade cultuada não teria nenhuma correlação com o diabo ou a egrégora infernal, e que tal culto foi apenas um estopim utilizado pela Igreja para caçar os templários.

Como suporte da teoria de que Baphomet era realmente cultuado pelos templários os estudiosos valem-se de um diário dito pertencente à Jacques de Molay (último Grão Mestre da Ordem) onde este registra minuciosamente magias, rituais e liturgias envolvendo tal figura. Assim, como também graças a uma estátua, contida em um cofre, exumada de ruínas de uma antiga fortaleza dos templários no oriente (tal petardo apresentou-se muito bem selado dentro do cofre. Esta estátua apresentou-se como uma figura baphomética análoga dos pontos de vista do Bode de Mendes e ao andrógino do alquimista Khunrath. Esta figura era barbuda, corpo inteiramente feminino, em uma de suas mãos portava o sol e na outra a lua, ambos astros atados por correntes. A imagem segundo os arqueólogos apresentavam conceitos considerados obscenos e, quiçá, diabólicos para época medieval).
 

Bem, todavia poderíamos considerar que tal diário e tal estátua foram falsas provas inseridas no templo templário por agentes do papa para acusar falsamente os templários e dar suporte à sua teoria inventada de culto ao demônio.

Pois bem, sendo realidade o culto de Baphomet ou não por parte dos templários, esta deidade reinterpretada por alquimistas (como Eliphas Lévi), cultuada por seitas gnósticas (surgidas, principalmente, a partir do século XV), temida por uma massa medieval que acreditava em qualquer disparate papal e, mais recentemente, ressuscitada por satanistas contemporâneos (ligados a filosofia de La Vey) já ganhou força mais do que suficiente para existir. 
 

Sim, existir como egrégora, como força energética influente em processos de magia e impressa na luz astral graças ao inconsciente coletivo.
 

   Para ir ao Índice de Assuntos Inquietantes
   Para ir ao Índice de Geral do Imagick


 

Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
(0xx) (11) 3813.4123
 
 


imagick@imagick.org.br
 
 
 


Página desenvolvida por:
Imagick Edições e Comunicações Visuais


 
 

Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição