Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
.
Holopensenes
.
.
Breve Estudo sobre Holopensenes
.
Por Dalton Campos Roque
.


INTRODUÇÃO

O poder de um símbolo e o seu caráter "benéfico" ou "maléfico", "positivo" ou "negativo" não existem por si só: dependem do contexto bioenergético e cármico do caso concreto, bem como dos holopensenes envolvidos.
Neste artigo, delineamos as noções básicas sobre o assunto.
 

O QUE É O HOLOPENSENE?

Holopensene constitui expressão-síntese. 

Holopensene = holo + sen + ene = conjunto (holo) de pensamento (pen) que gera um sentimento (sen), o qual, por sua vez, gera a respectiva energia (ene).

Um pensene é um pensamento decorrente de um sentimento, o qual, por
sua vez, produz uma energia, moldada pela qualidade do pensamento que a
concebeu.

Um conjunto de pensenes forma uma bolha bioenergética maior: o
holopensene – positivo ou negativo, fugaz (efêmero) ou
consolidado (duradouro).

Seguindo essa linha de raciocínio, a forma-pensamento consiste em um
morfopensene.
 

HOLOPENSENES, EGRÉGORAS E NEGRÉGORAS

Na psicosfera terrestre, onde, desde tempos imemoriais, coexistem
correntes de pensamentos, sentimentos e energias voltadas ao bem e ao
mal, ao elevado e ao primitivo, ao relevante e ao fútil, sobejam as mais diversas espécies de holopensenes.

O holopensene constitui o gênero de que a egrégora é espécie. Todas as egrégoras são holopensenes. Todavia, nem todos os holopensene são egrégoras.

O vocábulo egrégora, a propósito, vem do grego egregorien (="velar" ou "cuidar"). Apenas são egrégoras os holopensenes elevadíssimos, consolidados ao longo de séculos e milênios de sadia exteriorização de bioenergias, feita por muitos espíritos, desencarnados e encarnados, terrestres e até extraterrestres. Correspondem a bolhas de bioenergias gravitantes na aura do Planeta, a vibrarem em dada sintonia, invocáveis por meio de mantras, yantras ou simples pensamentos positivos, ressonantes a partir de uma vontade determinada.
Em suma, tão-somente o holopensene de altíssimo valor espiritual e
cosmoético, sedimentado no transcurso de milênios e séculos, ajusta-se ao figuro de uma egrégora. Daí porque não existe "egrégora negativa" (expressão tão errada quanto "subir para baixo" ou "descer para cima"), nem "egrégora fugaz" (um holopensene fugaz pode ser até positivo, mas nunca será egrégora, porque não possui pensamentos, sentimentos e energias já consolidados – caso
contrário, não seria fugaz, isto é, efêmero).

A antítese da egrégora (holopensene positivo consolidado) pode ser denominada, para fins didáticos, de negrégora (holopensene negativo consolidado) – neologismo que propomos na ausência de outra designação conhecida. (Negro no sentido de sombrio ou trevoso. Sem conotação étnica ou racial.)

Quanto ao estágio de consolidação das bioenergias, podemos definir três níveis de graduação: (1) holopensene fugaz; (2) holopensene semiconsolidado; (3) holopensene consolidado.
Nessa perspectiva, o sinal "mais" (+) se direciona à egrégora e o de "menos" (-) aponta para a negrégora, de acordo com a seguinte simbologia-neologismo:

H = holopensene (gênero).
H+1 = holopensene positivo fugaz. Exemplo: duas amigas se encontram por acaso e desejam o bem a uma terceira amiga, ora ausente.
H+2 = holopensene positivo semiconsolidado. Exemplo: holopensene das primeiras comunidades cristãs do Império Romano.
H+3 = holopensene positivo consolidado = egrégora. Exemplo: holopensenes do pentagrama, de Krishna, de Jesus e de Buda.

H-1 = holopensene negativo fugaz. Exemplo: duas amigas se encontram por
acaso e desejam o mal a uma desafeta, ora ausente.
H-2 = holopensene negativo semiconsolidado. Exemplo: grupo de amigos
há décadas se reúne em bares, ocasiões em que costumam falar mal de familiares e colegas de trabalho e profissão.
H-3 = holopensene negativo consolidado = negrégora. Exemplo: holopensenes há milênios ou séculos associados à magia negra, à violência e à criminalidade.

O PENTAGRAMA – SENHA PARA UMA EGRÉGORA

A magia evoca e emprega energias intangíveis para obter efeitos tangíveis.
Símbolo comum em práticas e rituais de magia, o pentagrama (estrela de cinco pontas) pode ser utilizado de forma positiva (de cabeça para cima), a evocar uma egrégora (holopensene positivo consolidado), ou pode ser utilizado de forma negativa (de cabeça para baixo), a evocar uma negrégora (holopensene negativo consolidado).
Na China Antiga, considerava-se sagrado o número cinco, simbolizado
pela flor de cinco pétalas. O pentagrama (estrela de cinco pontas) expressa graficamente importantes princípios inerentes ao número cinco. Esteve presente nas culturas hebraica e egípcia da antigüidade.

Como o pentagrama pode ser criado por uma linha fechada entrelaçada,
aos pitagóricos a estrela de cinco pontas dizia respeito à
harmonia entre o corpo e a alma – à saúde plena, personificada
no Anthropos teleios, o ser espiritual ideal.

Chave ou senha para uma egrégora, o pentagrama positivo (não-invertido) representa o ser humano bem-plantado sobre seus pés, o qual trabalha com suas mãos e se orienta pela cabeça bem-colocada – na conduta de tal indíviduo, a inteligência, o discernimento e a lucidez (chacras superiores) prevalecem sobre os instintos primitivos (chacras inferiores).

A EFICÁCIA DOS RITUAIS

No universo, em essência, existem duas substâncias: a consciência (causa primária, vontade ou intenção) e a energia (conseqüência, efeito ou reação). Os holopensenes são fontes de energia (no caso das egrégoras, energias positivas, emanadas de fonte perenes e abundantes).
O ritual e o símbolo de que a magia lança mão consubstanciam tão-só senhas a viabilizarem o acesso a uma energia, negativa ou positiva.

Não basta ter acesso à "ferramenta". É preciso saber manipulá-la.
Não basta fazer um ritual, copiá-lo ou imitá-lo.
Indispensável saber evocar o holopensene a partir da mente e criar a sintonia. Se bastasse fazer um ritual, quaisquer locais onde se acendesse um incenso, se colocasse uma cruz ou se pichasse um pentagrama estariam protegidos de maus espíritos. Não é o caso.

Há muitas variáveis, a depender de quem, como, por que e para que realiza tais práticas.
A eficácia dos rituais de magia (branca ou negra) variam de acordo com a capacidade e a competência bioenergética do praticante e de seu potencial de vontade, bem como dos karmas positivos e negativos de si próprio (agente) e do receptor. Em outras palavras, a eficácia da magia decorre da condição consciencial de ambos, agente e receptor, seus méritos e deméritos, semeados nesta e em outras caminhadas evolutivas.

Na magia negra, existe o assédio (manipulação de energias negativas, baseadas em intenções anticosmoéticas). Na magia branca, existe o amparo (manipulação de energias positivas, baseadas em intenções cosmoéticas).
Seus inimigos desencarnados se agregam aos seus inimigos encarnados.
Apóiam-se mutuamente. Uma conseqüência da lei dos semelhantes.
Afins atraem afins, mesmo sem terem consciência disso.
Os rituais são secundários. Em primeiro plano está a conduta do indivíduo, sobretudo a estatura moral de seus pensamentos, sentimentos e energias conscienciais.

CONCLUSÃO

1. Holopensene é todo conjunto de pensamentos, sentimentos e energias.
2. Quando consolidado ao longo de milênios e décadas, o holopensene
pode ser uma egrégora (se positivo) ou negrégora (se negativo).
Entre as egrégoras se encontra o holopensene do pentagrama (estrela
de cinco pontas), até hoje típico em rituais de magia.
3. A magia evoca e emprega energias intangíveis a fim de obter efeitos
tangíveis. Para tanto, emprega como ferramentas os rituais e os símbolos, direcionados a viabilizar o acesso a holopensenes positivos (magia branca) ou negativos (magia negra).
4. A eficácia da magia (branca ou negra) depende da condição consciencial do agente e do receptor.
5. A condição consciencial resulta da síntese (saldo positivo ou negativo) entre as virtudes e as deficiências e os karmas positivos e negativos de cada espírito, encarnado ou desencarnado. 

Dalton Campos Roque
Engenheiro Civil, pós-graduado em Educação em Valores Humanos, Professor de Informática, Webdesigner e Arte Finalista e Professor de cursos espiritualistas à distância. É responsável pelos sites www.consciencial.org - e - www.websitearte.com, espiritualista, escritor e universalista de mente e coração abertos; médium intuitivo-inspirado, escritor 
e autor dos livros “O Karma e suas Leis” (pelo espírito Ramatís e Amigos Espirituais - prefaciado pelo Professor Wagner Borges), “Manual do Espiritualista”, e o CD em versão multimídia “Práticas Bioenergéticas Volume I” (também intuídos por Ramatis e Amigos), e mais o livro “Espiritualmente Falando” (lançado em e-book gratuito - à disposição em www.consciencial.org
http://www.consciencial.org

 
 

 

Conheça a linha de produtos do Imagick

Talvez neles você encontre a solução que procura.
.
Para conhecê-los melhor, clicke no templo
 
 Volta para página inicial 
 Vai para atividades do mês
 Volta para Índice Geral do Imagick

boletim@imagick.org.br
 
 


Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
Uma escola moderna de magia
(0xx) (11) 3813.4123
 
 
 


Página desenvolvida por:
Imagick Edições e Comunicações Visuais


Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição