Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
..
Em Tempos de Maior Necesidade
.
...
Ed       .
.
Em tempos de fartura e despreocupação, as pessoas se sentem materialmente seguras e se esquecem da divina Centelha que foi plantada em nosso íntimo, quando fomos creados "à imagem e semelhança de Deus". 

A consciência focada nos prazeres, no conforto, no triunfo pessoal, nunca dispõe de tempo e lugar para manter sintonia ao Cristo Interno, seu verdadeiro Ser. 

Via de regra, só quando estão deprimidas, desanimadas, com saúde precária, más finanças e moral abatida é que finalmente começam a preparar lugar em seu íntimo, para o Cristo Interno surgir. 

Daí que não haja lugar nas hospedarias para José e Maria grávida: o Cristo tem que nascer na parte mais baixa de nosso Ser, porque é nos momentos de dor que formamos mangedoura para o Cristo Interno nascer. Nesse estado de consciência é que iniciamos a busca e a perseguimos, até recebermos os primeiros vislumbres da realidade interna. Mas aí cometemos um equívoco: levados pela vaidade da personalïdade, saímos a apregoar nossa experiência aos outros: seja a evidência da Presença, seja uma cura, melhoria de situação ou solução de um problema, corremos ao encontro do mundo, esquecendo nos de que a massa não se preocupa com estas coisas ou não as pode compreender. As escrituras advertem: "Só acreditam quando vêem sinais e maravilhas (João 4;48). 

Se queremos ajudar, sejamos prudentes. Não precisamos de relatar experiências internas, sob pena de as perder. Lembremos as Escrituras: "Toma depressa a criança e sua mãe e vai para o Egito (terra do silêncio, da sacralidade) até que te chame de volta" (Mt. 7 12,13). 
 

Não tente dar a revelação ao mundo, até que ela cresça, porque "este mundo" pode devorá la. Não tente salvar o mundo. Ele não quer ser salvo, como V. também não queria, quando tudo lhe corria bem.

O mundo só aceitará o Cristo quando sentir uma real necessidade dEle. Só quando sofriam sob a escravidão do Faraó é que os hebreus aceitaram Moisés como libertador. Mais tarde, sob o domínio cie César, voltaram seu interesse ao Cristo, na esperança de que os libertasse. 8 sempre a necessidade e o sofrimento que nos fazem procurar Deus. Notem que é nas grandes cidades, de mais lutas e insegurança, que há mais procura da verdade.

Após os primeiros vislumbres e contatos breves com a Presença todo supridora em nosso íntimo, nossa consciência cresce e somos levados a testemunhar o ministério do Cristo interno, na medida de nossa .intonia: Ele começa a curar nossas enfermidades físicas e morais, liberta nos da timidez e insegurança, leva nos da carência à fartura, harmoniza nossos relacionamentos, traz nos um sentido mais amplo e sadio da vida e das pessoas e tudo isto pode parecer nos como uma "Lâmpada de Aladim", bastandonos esfregá la, cada vez que desejamos satisfazer uni anseio humano.

Então chega o tempo e se nos desponta a realização interna: percebemos que a função real do Cristo Interno não é meramente tornar nossos corpos mais sadios, nem aumentar nossa renda ou assegurar nos harmoniosos relacionamentos. Isto tudo foi apenas o "jardim de Infância" no desabrochamento da Consciência crística. Podemos, então, compreender o que Jesus desejou significar: "V. deve abandonar tudo por amor a Mim". Se não transferirmos nossa fé e esperança, das coisas deste mundo, para Ele, não poderemos entrar no Reino, isto é, não vivenciaremos a Consciência espiritual.
 

Ainda que "este mundo" já se tenha tornado para nós muito bom (de paz, prosperidade ele.), temos de transcendê lo, se é que desejamos experienciar significações mais altas, inteiramente diferentes das mundanas e infinitamente superiores. Os Evangelhos definem esta diferença, quando dizem que João, o Batista, era o maior dentre es nascidos de mulher, "se bem fosse menor que o menor no Reino dos Céus (Mt. 11:11). Mesmo que tenhamos atingido um nível de retidão e mereçamos uma vida plena neste mundo, ainda estamos abaixo dos que atingiram a consciência espiritual. Por isso João Batista era apenas um anunciador da Consciência mais alta que viria.

Ao defrontarmos o momento de renunciar às virtudes e vantagens de uma vida humana desejável (que já está acima das limitações e problemas), poderemos auto superar nos ou ceder à tentação das gloriosas conquistadas. Neste caso, rejeitamos o Cristo, e O esquecemos... É uma escolha. Mas, quando vencemos, recebemos a oportunidade da resssurreição a um nível mais alto, a um expressivo natal de consciência. Esta conquista chega aos que, embora havendo atingido a saúde, o suprimento, o harmonioso companheirismo, o êxito e abundância, sentem que algo ainda está faltando. Então o CriInternosto  enterrado por todas nossas passadas rejeições, faz rolar a pedra do sepulcro em que jazia esquecido e ressurge à nossa consciência, vivo e sensível, para a ascensão de grau.

Neste ponto de nosso desenvolvimento, a Consciência crística já não pode ser condenada ou atingida, pelos Herodes e Pilatos de nosso mundo psicológico. Em sua forma "ressurreta", Ela pode atravessar as paredes e portas cerradas, para produzir alimento e bebida espirituais, provando que a matéria não é a causa, senão que "tudo o que está manifestado veio a existir das cousas que não aparecem" (Heb. 11:3). Na medida desta abertura é que adquirimos a consciência realizadora das coisas que Jesus também demonstrou.

Em tal realização, ainda que continuemos neste mundo, no mesmo corpo, usufruindo as coisas do mundo (sem apegos nenhuns) e exercendo nossas atividades, seremos governados por uma Consciência interna e poderemos dizer como S. Paulo: "Vivo, não eu, mas o Cristo é que vive em mim" (Gál. 2:20), ou então: "ainda em minha carne verei a Deus"1 (¡6, 19:26).
 

É nas quedas que os rios geram força. O Espírito invencível nos ergue dos escombros e edifica a nossa glória. É no extremo do humano que surge a abertura para Deus agir, extraindo das cinzas de nossa experiência, a Consciência maior. Então nos devolve, como a Jó, as perdas em valores duplicados. Vigiemos nossas vacilações. Não permitamos que a tentação das coisas boas que nos retornam, debilite nos a vontade e promova constantes adiamentos, com estas justificativas: "Ah! Certamente! Voltar-me-ei sempre ao Cristo Interno e me consagrarei às meditações da verdade que provei! Agora é impossível mas logo o farei. ". Como pode, alguém que O haja sentido e Lhe tenha recebido as Graças, olvidá lo e tornar à consciência humana de "eu", "para mim" ou "minha"?

O Cristo Interno confia em sua fidelidade! Ele espera que V. compreenda que todos os problemas atuais, como os de antanho, são decorrentes das inversões de valores daqueles que confiam apenas na matéria e só dela esperam. 
 

Mas V. pode provar uma vida nova e plena pela experiência do Cristo Interno em sua vida, através de seus "natais de consciência"!

 
O Professor Edmundo Teixeira 
fez sua iniciação para a luz maior em julho de 1994.

Ele foi um grande incentivador do Imagick, abrindo para nós todas as portas que lhe eram possíveis, fossem elas físicas, culturais ou mesmo espirituais.

O  perfume de sua luz paira sobre o nosso trabalho. 

Durante muitos anos ele presidiu a Associação Unidade de Cristianismo; foi editor da revista mensal “Leitura Diária”; escreveu vários livros voltados ao desenvolvimento espiritual do ser humano; foi professor de Cristianismo Esotérico e instrutor do Conhecimento Isotérico (mais conhecido por Quarto Caminho - criado por Gurdjief).

O Prof. Edmundo foi uma das grandes figuras humanas que tivemos o prazer de conhecer em nossa caminhada. 
Exemplo de coerência, uso do conhecimento, abertura mental, serenidade e predisposição ao amor fraterno e incondicional. 

 
.                                                                                                 ...............

Ritual de Banimento 
A Imposição da Vontade Sobre as Trevas
.
Ritual da Doutrina da Tradição para expulsar qualquer força maligna.

Para quem precisa expulsar de si, ou do meio ambiente em que vive, 
energias negativas criadas por agentes físicos, mentais, ou espirituais

Finaliza com condições nocivas e destrutivas, 
restabelecendo o equilíbrio, a ordem e a paz.

Dias 11 de Dezembro, das 20h30 às 22h30,
no Auditório do EMVOC, em São Paulo
Rua Cardoso de Almeida, 313; unidade 111,
Bairro de Perdizes, São Paulo - Capital.

Informações: (11) 3813.4123 ou imagick@imagick.org.br.

 


 
 Volta para página inicial 
 Vai para atividades do mês
 Volta para Índice Geral do Imagick
boletim@imagick.org.br
 
 


Instituto de Pesquisas Psíquicas Imagick
Uma escola moderna de magia
(0xx) (11) 3813.4123
 
 
 


Página desenvolvida por:
Imagick Edições e Comunicações Visuais



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Quem somos O Imagick A Cidade das Estrelas A Irmandade das Estrelas Programação de Atividades Nossa Turma (Biografias) Contatos / Redes Sociais Cursos e Vivências Cursos Imagick ao Vivo Cursos e Vivências em CDs Cursos e Vivências em DVDs Programe sua Mente Reprograme sua Mente Vivências Externas Consultas Online Consulta Gratuita de Tarot I Ching Gratuito Runas Grátis Consulta ao Mestre Nazareno Reicki a Distãncia Oráckulo - Mensagem do Dia Pantáculos Zodiacais O Baú Magicko da Bruxa Pratickas Saude Magicka Treinamentos Magickos Meditações Magickas Orações Magickas Pensamento Magicko Consultas Pessoais Consulta Particular de Tarot Regressão de Memória Criação de Pantáculos Artigos Novidades Psiquê Mágicka Sistemas Mágickos Artigos Intrigantes Mistérios Curiosos Tradições Religiosas Comportamento Mágicko Música Magicka Notícias Mágickas Divertimentos Magickos Matemática Curiosa Variedades Significativas Ilusões Magickas Paginas Selecionadas Boletins Magickos Midia Fotos Magickas Videos Magickos Livros e Publicações Links Parceiros Imagicklan Nossa História Amor Incondicional Anjos e Demônios Consultas Gratis Vossos Deuses Deuses Egípicios Tipos de Magia Ser Bruxa Imagens de Jesus Reprograme sua Mente Cura pelo Pensamento Poder da Palavra Programação Mental Vida Secreta de Jesus A Pessoa de Jesus Tratamento Vidas Passadas Sistemas Alternativos Ritual de Pacto de Amor Bruxarias Magickas Runas e Numerologia Inscrição